Exposição das mais loucas idéias dos mais variados assuntos de três amigas: Letícia, Ana Catarine e Fernanda. Sejam bem-vindos!

28 de março de 2009

Boa tarde, boa tarde, finalmente apareci; depois de um longo e tenebroso inverno: aqui estou eu!Senti saudades de todos amigos da blogosfera, mas antes de qualquer coisa peço desculpas pelo sumiço, primeiro sumi pq meu pc resolveu ficar de mal cmg, levei pra consertá-lo, mas ele voltou desconfigurado e como eu uso a internet 3G fiquei sem o programa para acessar a net, passou uns dias arrumei, mas aí estava sem tempo até mesmo para olhar para o pc. Quando eu finalmente tive um tempinho o pc estragou novamente (rsrsrsrs), dessa vez jurei que iria jogá-lo no lixo, mas aí resolvi consertá-lo e deixar ele para os meus irmãos, e agora nesse fim de mês estou comprando um só pra mim. A faculdade está consumindo todo o meu tempo, estou passando o dia todo em aula, meu cérebro tá fritando, mas força na peruca e vamos em frente...
Hoje, depois de muito tempo fiquei em casa por mais de 5 horas, durante a semana eu passo em média no máximo 7 horas por dia em casa. ¬¬
Enfim, aproveitei o tempo livre pra fazer nada =D. Fiz download de alguns cd's e acabei baixando uma música do Zé Ramalho "O vento vai responder", na verdade a música é do Bob Dylan, e o Zé Ramalho gravou uma versão em português, não sou muito de ouvir Zé Ramalho, mas essa música em questão eu gostei. Então vou compartilhar com vcs a letra, espero que gostem! Boa Tarde!!! ~Fernanda Dias~
Quantos caminhos se tem que andar
Antes de tornar-se alguém?
Quantos dos mares temos que atrevessar
Pra poder, na areia, descansar?
Quantas mais balas perdidas voarão
Antes de desaparecer?

Escute o que diz
O vento, my friend
O vento vai responder

Quantas vezes olharemos o céu
Antes de saber enxergar?
Quantos ouvidos terá o poder
Para ouvir o povo chorar?
Quantas mais mortes o crime fará
Antes de se satisfazer?

Escute o que diz
O vento, my friend
O vento vai responder

Quantos anos pode uma montanha existir
Antes do mar lhe cobrir?
Quantos seres ainda irão torturar
Antes de se libertar?
Quantas cabeças viraram assim
Fingindo não poderem ver?
Escute o que diz
O vento, my friend
O vento vai responder

5 comentários:

Ric disse...

Bem-vinda de volta!

Beijos.

Mimirabolante disse...

Oi....super lindo o texto.....qd o pc briga conosco.........aragararaggar....olha.....te presentei com um "mimo " que vc já tem ....me perdoe,bjcas...

* Patty * disse...

O Borboletas no estômago foi classificado e está concorrendo com mais dois blogs para ganhar o prêmio Traços Golden Awards do blog do Olavo, na categoria de Melhor Blog reflexivo!
Como muito carinho e humildade venho pedir, e se achar que eu mereço, votem em mim. (Estou parecendo política!!rsrs)
Visite o blog do organizador do concurso e aproveite também para conhecer as outras categorias em disputas:
http://tracosdeumhomem.blogspot.com/

Beijos e um abençoado domingo!!

Jac C. disse...

Olá... hj dei uma atualizada no blog e linkei vcs.
Sejam bem-vindas à equipe “AsaS dos Sentimentos”

No "AsaS" hj, Pensamentos Meus:
http://abcdejac.blogspot.com

Nanda disse...

O Zé Ramalho tem muitas músicas interessantes o disco dele que mais gosto é 20 anos antologia acústica, tem uma música avôhai que é bem legal.

Gosto dessa música do Bob Dylan e conhecê-la em português foi bom.