Exposição das mais loucas idéias dos mais variados assuntos de três amigas: Letícia, Ana Catarine e Fernanda. Sejam bem-vindos!

3 de fevereiro de 2009

Minha vida numa Lan House

Gente, hoje estava me lembrando de quando trabalhei numa Lan House. Êita tempo divertido ehn!

Trabalhei lá por uns 5 meses, o trabalho não era difícil, no começo é muito bom, você fica na Internet sem ninguém te mandar sair e coisa e tals, mas depois de 15 dias você não quer mais nem saber de Internet, já não aguenta mais os jogos em rede, orkut então, é bom nem falar o nome.

Mas por outro lado, os frequentadores de Lan House nunca me deixavam ficar entediada, sempre aparecia um que, ou me fazia rir muito, ou me tirava do sério.

Tínhamos um cliente que toda vez que ela ia lá (cerca de 4 vezes por semana), ele tinha que refazer a senha de acesso dele. Eu com a maior boa vontade trocava a senha dele, antes de chegar ao pc, ou seja, 10 segundos depois a criatura já havia se esquecido da senha. Aff, acho que ele tinha memória de salmão. Após conseguir acessar a conta dele e se conectar à Internet, ele me chamava porque dessa vez não se lembrava a senha do orkut, nem do email... Era de praxe, todo vez que ia lá fazia um orkut novo. Rsrsrs. Um dia pedi pra ele fazer uma senha mais fácil, do tipo: 123456, mas ele não seguiu meu conselho. =/

Um certo dia apareceu por lá um rapaz, todo 'boyzinho', se achando o máximo. Depois de alguns minutinhos conectado à Internet ele me chamou, esculhambou a nossa conexão e disse que não conseguia entrar no msn, eu novamente na maior boa vontade, fui tentar ajudá-lo, pedi que ele digitasse a senha devagar, talvez era erro na digitação, mas infelizmente não era, o garoto já estava vermelho de raiva, como se eu tivesse culpa, foi então que eu tentei entrar no meu msn, ao ter que apagar o endereço do msn dele percebi que a anta digitou fulanodetal@hotmil.com

Fala sério, quis matar ele, mas como o cliente sempre tem 'razão' tive que ficar quieta, até porque ele agora já estava vermelho de vergonha.
Também apareceu uma por lá, e estava no YouTube, quando penso que não, a dita cuja me chama, dessa vez me pedindo pra trocar os fones, pois os mesmos estavam estragados. Lá vai eu, na maior boa vontade novamente, perguntei gentilmente o que estava acontecendo com os fones, afinal tínhamos comprado os mesmos naquele dia. Ela então, me explicou que o som estava falhando, depois de mexer nas configurações do som, da Internet e de mais um monte de coisas percebi que a criatura estava navegando na página do YouTube, só então constatei que ela não estava esperando 'carregar' o vídeo, por isso o som ficava falhando. Expliquei pra ela onde estava o problema, e pedi pra ela esperar carregar o vídeo pra depois dar 'play'. Beleza, problema resolvido, certo? Errado! A tal criatura em questão, achou que só aquele vídeo precisava esperar pra carregar, quando terminou aquele, resolveu abrir outro. E lá foi ela dizer a frase que eu mais escutava: "Moça, faz favor aqui. Acho que o computador tá com problema." rsrsrs. Haja boa vontade numa pessoa só.


~Fernanda Dias~

9 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho da "Proximidade" la para vc.

beijooo.

Ric@rdo disse...

Porra, haja paciência!
Acho que eu bateria com o teclado na cabeça de um... rsrs!

Beijo.

Renne Boz disse...

rsrsrs...gostei! Obrigado por acompanhar meu blog. Gostei deste cantinho tb! Um grande beijo!!

traços de um homem disse...

Muito bom..para quem lê claro hehe
Passar por isso deve ser um saco,não tenho paciência não..já estaria sem emprego no mesmo dia.
Beijão

Wolfgang disse...

Hehehe,
sei bem como é isso, nos tempos em que eu frequentava cybers cafés eu ouvia muito isso também.
Parabéns pelo texto, deixa a gente preso até o final, vou adicionar a referência no meu blog, muito bom o seu trabalho.
Fui

Vívian Mariah disse...

eita vida einh?! ufa... é um sufoco mesmo!Lembro meu tempo de "freqüentadora" de lan's e ouvia muitas dessas coisinhas..tem que ter sangue de barata einh [sem ofensas a vc,claro] para que o cliente tenha sempre razão!Adorei teu post.. bjos obliquos & Dissimulados.

Ígor Andrade disse...

rsrs
Não quero nem me imaginar no seu lugar.
Abraço!

Daniela Valadares Figueiró disse...

OI Fernanda em primeiro lugar parabéns ás autoras pelo Blog! Uma graça! Muito bom e esse texto seu rolei de irr. Sou jornalista mas ja trabalhei no passado muitos anos com atendimento ao cliente então sei as figuras e os tipos diversos, engraçados , exóticos que nos surgem no dia dia e é mesmo de rolar de rir e principalmente de tastar a paciência de qualquer um.
Eu sempre brinco dizendo que quem já trabalhou com isso na vida: "vai pro céu de sapato" risos
Beijos
Tudo de bom!
DAni

Anônimo disse...

Ola! Sou dono de lan house e adorei o texto, muito legal mesmo... Realmente é assim mesmo em uma lan house, Tem muitos momentos legais e situações engraçadas...você é muito criativa...e se expressa muito bem..PARABÉNS..